Agostinho e a Igreja invisível

agostinho-de-hipona

“Deixai-os crescer juntos até à colheita,
e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros:
ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado;
mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro.”
(Mateus 13:30)

Agostinho ensinava a noção de Igreja invisível? Como expliquei num texto anterior (leia aqui), a noção de Igreja invisível pode ser tomada em direções diferentes, uma mais moderada e outra mais radical: pode-ser ver mais unidade ou mais tensão entre o visível (a instituição, a hierarquia, a membresia, o rito) e o invisível (o destino eterno). Por isso, antes de que pergunte se o Doutor da Graça apoiou ou mesmo originou a noção de Igreja invisível, é preciso afastar noções mais populares e menos elaboradas desse conceito. Trata-se de um teólogo — o maior da Igreja antiga. Continue lendo “Agostinho e a Igreja invisível”

Anúncios

Quatro coisas que Jesus nunca te disse

chaves

Em várias situações, Jesus se dirigiu especificamente aos Doze quando falou, como quando ele disse que os colocaria em doze tronos para julgar as doze tribos de Israel (Mt. 19:28 par.). Mas em outros momentos, embora Jesus tenha também falado diretamente aos Doze, o leitor moderno pode se sentir tentado a se imaginar como o destinatário original das palavras de Jesus, por qualquer motivo que seja, mas sempre por desatenção para com o próprio texto. Continue lendo “Quatro coisas que Jesus nunca te disse”

Um Calvino diferente

calvino

Eu não sou calvinista. Embora concorde com os calvinistas com relação à Eleição Incondicional, não concordo com as doutrinas da Perseverança dos Santos, nem com certas formulações da Expiação Limitada, nem consigo ver como compatível com as Sagradas Escrituras que a graça salvífica seja sempre Irresistível, ainda que seja finalmente vitoriosa. Isso é minha forma de dizer: eu não sou calvinista. Não sou membro de uma comunidade calvinista. Não tenho nenhum amor particular pelo calvinismo. Não planto tulipas. Continue lendo “Um Calvino diferente”

Seis fatos importantes sobre a Ceia do Senhor

lutero-e-zuinglio

“Temos um altar, de que não têm direito de comer os que servem ao tabernáculo.”
(Hebreus 13:10)

Há alguns meses, eu escrevi um texto acerca da irrelevância dos debates sobre a Ceia do Senhor. O propósito do texto era afirmar a ininteligibilidade das distinções entre as diversas teorias sobre a Presença Real no sacramento. As teorias não são idênticas; há diferenças substanciais. Mas não há nenhum sentindo em diferençar uma “substância sem acidentes físicos” de uma “presença espiritual”. Continue lendo “Seis fatos importantes sobre a Ceia do Senhor”

​Sola Fide leva ao Batismo Infantil

bebe-batismo-sola-fide

Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus?
(1Coríntios 6:9)

É comum ouvir de representantes da tradição batista lato sensu — o pessoal que crê na exclusividade do batismo por imersão e nega o batismo infantil — que a Reforma realizada pelos primeiros reformadores não foi suficientemente radical, e que por isso era necessário ir adiante. Os reformadores não teriam tido coragem de eliminar da Igreja Católica elementos em desacordo com a doutrina e prática originais do cristianismo. Continue lendo “​Sola Fide leva ao Batismo Infantil”

A Eficácia da Circuncisão

bebe

“Nisso, porém, consentiremos a vós: se fordes como nós; que se circuncide todo o homem entre vós; Então dar-vos-emos as nossas filhas, e tomaremos nós as vossas filhas, e habitaremos convosco, e seremos um povo;” (Gênesis 34:15,16)

A associação entre batismo e circuncisão, suposta em Cl. 2:11,12, é um dos fundamentos teológicos da defesa do batismo infantil. Essa relação pressupõe que a circuncisão seja um ritual eficaz, que realiza algo. Certamente a circuncisão não é mágica; cortar um pedaço de pele não tem qualquer poder especial inerente. Mas a circuncisão é mais do que simplesmente cortar um pedaço de pele. É o “selo da justiça da fé” (Rm. 4:11). De fato, aqueles que não fossem circuncidados estariam excluídos da aliança divina: Continue lendo “A Eficácia da Circuncisão”