A Eficácia da Circuncisão

bebe

“Nisso, porém, consentiremos a vós: se fordes como nós; que se circuncide todo o homem entre vós; Então dar-vos-emos as nossas filhas, e tomaremos nós as vossas filhas, e habitaremos convosco, e seremos um povo;” (Gênesis 34:15,16)

A associação entre batismo e circuncisão, suposta em Cl. 2:11,12, é um dos fundamentos teológicos da defesa do batismo infantil. Essa relação pressupõe que a circuncisão seja um ritual eficaz, que realiza algo. Certamente a circuncisão não é mágica; cortar um pedaço de pele não tem qualquer poder especial inerente. Mas a circuncisão é mais do que simplesmente cortar um pedaço de pele. É o “selo da justiça da fé” (Rm. 4:11). De fato, aqueles que não fossem circuncidados estariam excluídos da aliança divina: Continue lendo “A Eficácia da Circuncisão”

Regnum gratiae: Sobre a santidade da Igreja

ruinas

“Desposar-te-ei comigo para sempre; desposar-te-ei comigo em justiça, e em juízo, e em benignidade, e em misericórdias; desposar-te-ei comigo em fidelidade, e conhecerás ao SENHOR.” (Oséias 2:19,20)

Segundo o livro de Gênesis, quando Deus celebrou sua aliança com Abraão e sua descendência, ele lhes conferiu como sinal a marca da circuncisão, de maneira que todos os circuncisos e somente os circuncisos estariam em aliança com Deus (Gn. 17:10-14). As novas gerações já nasciam dentro da aliança de Deus antes mesmo de serem capazes de compreendê-la. Continue lendo “Regnum gratiae: Sobre a santidade da Igreja”