O que é o Concílio Divino?

2502554203_03e13065dc_b

E se o Deus Altíssimo estiver cercado de deuses? O Concílio Divino é um traço fascinante da cosmologia das Escrituras Sagradas, presente nelas do primeiro livro até o último, e forma uma rede que conecta fatos aparentemente dispersos como a entrega da Lei de Moisés, a substância espiritual das religiões não reveladas, a realidade dos demônios, a vitória de Cristo sobre principados e potestades na cruz, o reino de Deus e a excomunhão. O título “Concílio Divino” deriva do Salmo 82, provavelmente o mais citado nessa discussão.
Continue lendo “O que é o Concílio Divino?”

Juramentos

 640px-handshake_-_pergamonmuseum
“Darás a Jacó a fidelidade, e a Abraão a benignidade, que juraste a nossos pais desde os dias antigos.” (Miquéias 7:20)

O Deus da Bíblia é um Deus de juramentos. Ele continuamente relembra ao seu povo do que jurou lhes conceder. Na Bíblia hebraica, aliança e juramento são a mesma coisa, ou dois lados de uma mesma coisa (Gn. 26:28; Dt. 4:31; 7:12; 8:18; 29:12; Sl. 89:3; 105:9; Ez. 16:8,59; 17:13-19; Os. 10:4). Estar em aliança implica em um compromisso solene da parte dos “aliados”, que é exatamente o que chamamos de juramento. Mas não é por nada além de si que Deus jura: “Eis que eu juro pelo meu grande nome, diz o Senhor” (Jr. 44:26) Continue lendo “Juramentos”